Nanná Millano narra história de amor transatlântico entre Brasil e França no álbum autoral ‘Can’t translate saudade’

0
5

Disco sai em 26 de maio e traz o cantor Giuliano Eriston na música ‘Te amo faz tempo já’. Nanná Millano lança em 26 de maio o primeiro álbum, ‘Can’t translate saudade’, com 11 músicas autorais em 12 faixas
Virgile B. / Divulgação
♪ Cantora e compositora paulistana, Nanná Millano se divide entre as cidades de São Paulo (SP) e Paris, França. Essa rota transatlântica inspirou a narrativa feminina do primeiro álbum da artista, Can’t translate saudade, no mundo a partir de 26 de maio em edição do selo da artista, Mirabolant, com distribuição feita via Believe.
Através de 11 músicas autorais alinhadas ao longo de 12 faixas (a composição-título abre e fecha o disco), Millano canta e conta a história de amor intercontinental vivido entre o Brasil e a França.
Produzido, mixado e masterizado por Rodrigo Trevis, o álbum Can’t translate saudade chega ao mercado fonográfico após a edição prévia de seis músicas em singles lançados desde março de 2023.
Músicas inéditas como Oráculo, Presente singular, Meu coração não aguenta, O instante (Ponto de não retorno) – única composição assinada por Nanná Millano com um parceiro, no caso com Gabriel Guedes) e a canção-título Can’t translate saudade compõem a narrativa romântica de Nanná Millano com as já conhecidas faixas 8 minutos, Samba canção pra sua samba canção, Te amo faz tempo já (música gravada por Millano com Giuliano Eriston), Lua em aquário, Você quer tudo e Todo descuido é ruído.
Para promover o lançamento do álbum Can’t translate saudade, a artista faz turnê com show previsto para estrear em Paris, em 6 de junho, e na sequência para ser apresentado no Brasil em julho.
Capa do álbum ‘Can’t translate saudade’, de Nanná Millano
Virgile B. com arte de Nanná Millano

Fonte: G1 Entretenimento